Biblioteca da Escola Básica e Secundária

Conversas sobre livros: promoção da leitura nas disciplinas

Uma das melhores formas de partilharmos um livro é falarmos sobre ele para despertarmos na criança ou no adolescente o gosto pela leitura.

Uma conversa sobre livros pode ser conduzida com a turma, em grupos ou individualmente. Pode acontecer em qualquer altura ao longo do ano letivo, relacionada com os diversos conteúdos programáticos ou com as metas de aprendizagem da disciplina.

É uma atividade que deve ser programada. Uma boa conversa sobre livros faz com que estes voem das prateleiras, indo parar às mãos de alunos que, de outro modo, não os teriam escolhido. Fornece-lhes também uma perspetiva sobre o leque de obras disponíveis para a sua faixa etária ou desenvolvimento cognitivo, porque é frequente os alunos precisarem desta informação como ponto de partida. Por fim, a atividade estabelece uma relação entre o conhecimento que o aluno, à partida, tem do livro e o seu conteúdo. A compreensão na leitura é desenvolvida através de conexões reais entre o leitor e o texto.

Conteúdo das conversas

Não há regras rígidas para uma conversa sobre livros, mas aqui ficam algumas sugestões:

· Partilhe um único livro, uma série de livros de um único autor, ou um conjunto com o mesmo tema.

· Forneça detalhes sobre a vida do autor e/ou ilustrador.

· Fale sobre a intriga e as personagens do livro.

· Leia as primeiras três páginas ou o suficiente para que os alunos fiquem curiosos.

· Leia um parágrafo ou dois e faça previsões sobre o desenvolvimento da história.

· Leia a sinopse e refira a suas expetativas relativamente à obra.

· Relacione os acontecimentos narrados com situações concretas.

· Compare o livro com outros que já tenham sido lidos na turma.

· Compare o livro com outros do mesmo autor.

· Partilhe as sensações que teve ao lê-lo.

· Deixe os alunos ansiosos para começarem a ler o livro.

· As conversas sobre livros podem durar cinco, dez minutos, ou o tempo suficiente para despertar nos alunos a necessidade de saber o resto da história.

Contextualização das conversas

As conversas sobre livros podem ter lugar em qualquer altura, ao longo do ano letivo, relacionadas com um conteúdo que predisponha à leitura. Não há disciplinas específicas para contextualizar atividades de leitura. Estas podem acontecer numa aula de Matemática, de História, de Geografia, pois há livros destinados a um público juvenil que se enquadram nos conteúdos de qualquer disciplina.

Conversas conduzidas por alunos

Após um período inicial em que as conversas sobre livros são conduzidas pelo professor, os alunos podem ser incentivados a conduzir eles próprios as conversas, durante cinco ou dez minutos. Desta forma, é partilhada uma escolha independente de livros. Com o tempo, a atividade sai do âmbito da sala de aula e estende-se ao ambiente familiar, o que poderá enriquecer o leque de escolhas dos alunos.

THOMPSON, Ellen A. - Strategies for reading success: rah-rah reading! [Em linha].

Scholastic [Consult. 29 Fev. 2008]. Disponível em: <http://content.scholastic.com>